atlas-copco-fabricas-inteligentes-sociedade-5.0

Você já ouviu falar em Sociedade 5.0? Trata-se de um projeto de desenvolvimento, liderado pelo Japão, que deverá transformar a maneira como a sociedade se organiza: basicamente, espera-se um avanço de recursos como Internet das Coisas (IoT), Big Data, Robótica e Inteligência Artificial (IA), hoje restrita a alguns setores, para a gestão de toda a vida em sociedade.O conceito está alinhado aos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) adotados pelas Nações Unidas para resolver problemas globais e criar sociedades sustentáveis.

 

A SOCIEDADE 5.0 SIGNIFICA UM ESTÁGIO POSTERIOR À INDÚSTRIA 4.0?

 

De certa forma sim, mas é importante destacar que a lógica de categorização é diferente.

 

Evolução da Indústria

Indústria 1.0 – Mecanização e máquina a vapor

• Indústria 2.0 – Eletricidade e produção em massa

• Indústria 3.0 – Automação e computadores

• Indústria 4.0 – Conectividade e sistemas ciber-físicos

Evolução da Organização Social

Sociedade 1.0 – Sociedade da Caça

• Sociedade 2.0 – Sociedade Agrária

• Sociedade 3.0 – Sociedade Industrial

• Sociedade 4.0 – Sociedade da Informação

• Sociedade 5.0 – Sociedade Inteligente

 

A Indústria 4.0 sugere um avanço do modelo industrial, também baseado em digitalização e conectividade.  Já a Sociedade 5.0 sugere uma nova dinâmica social, que eleva os princípios da Indústria 4.0 a todas as instituições e práticas cotidianas.É como se tudo pudesse ser conectado para criar uma sociedade altamente inteligente. À medida que a coleta, a transmissão, o armazenamento e a análise de dados em larga escala se tornam possíveis a baixo custo, várias formas de inovação são estimuladas.

O principal agente dessas transformações é a indústria: todo o processo testará sua capacidade de adaptação. A previsão dos cenários a seguir ajuda a entender parte das demandas que precisarão ser atendidas.

 

1. SMART CITIES (CIDADES INTELIGENTES)

Para facilitar estilos de vida diversos e o sucesso nos negócios, as formas de vida urbana serão diversificadas e as opções de a qualidade de vida serão aprimoradas.

Por exemplo: em áreas sem sistemas de transporte público, carros elétricos autônomos estarão disponíveis para idosos que não puderem dirigir, resolvendo problemas de mobilidade diária.


2. AGRICULTURA E ALIMENTAÇÃO

Com tecnologias de monitoramento e controle remoto por IA (inteligência artificial), robôs e drones autônomos para trabalhos agrícolas, a eficiência dos processos dá um salto e a produtividade aumenta exponencialmente.

Dados e tecnologias serão usados para otimizar a cadeia de valores alimentares conforme as demandas dos consumidores, cobrindo produção, processamento, logística, vendas e exportação.

Os consumidores também receberão meios interativos de comunicação e acesso gratuito a históricos de produção e informações sobre produtos, reforçando a importância da rastreabilidade em um novo nível.


3. LOGÍSTICA

O rápido crescimento do comércio eletrônico e a globalização das cadeias de suprimentos exigirão uma logística ainda mais diversificada e sofisticada na Sociedade 5.0.

Por exemplo: cargas e meios de transporte serão conectados às redes, implantando tecnologias de IoT (internet of things), para permitir rastreamento e controle logístico em tempo real.

Os players mais relevantes coordenarão e otimizarão toda a cadeia de suprimentos, compartilhando dados sobre compras, produção, transporte e vendas em plataformas em tempo real e usando a IA para prever oferta e demanda.


 4. MANUFATURA E SERVIÇOS

Até agora, foram necessários grandes investimentos e conhecimentos profissionais para analisar dados e criar bens e serviços úteis. Por meio da transformação digital, essas habilidades ficarão disponíveis como módulos de IA.

Isso permitirá que indivíduos e pequenas empresas forneçam altos níveis de bens e serviços, capazes de satisfazer as mais diversas necessidades. Os consumidores poderão solicitar facilmente a fabricação de itens únicos, com design, material, cor, padrão e tamanho específicos, demandando linhas de montagem extremamente flexíveis.


 

Linhas de montagem inteligentes

 

Para atender a essas demandas, é imprescindível implementar as tecnologias da Indústria 4.0 o quanto antes: elas estabelecem as bases fundamentais para a grande transformação digital que está em curso.

Algumas soluções e modelos de gestão da produção desenvolvidos pela Atlas Copco já seguem esses princípios. Acesse para saber mais:

• Smart Connected Assembly – Linha de montagem inteligente para a Indústria Automotiva

• Smart Connected Eletronics – Linha de montagem inteligente para a Indústria de Eletrônicos

Quer iniciar um processo de transformação digital na sua indústria? Entre em contato com nossos especialistas e saiba como podemos ajudar!   

 

Este artigo foi relevante para você?
[Total de votos: 1 | Média: 5]

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de